Publicidade

18 de Julho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

TIRO CERTEIRO

O sorriso de Bianca Rinaldi demonstra a satisfação da atriz com seu trabalho na novela "Em família". E não é à toa. Na pele da médica Sílvia, ela deu vida a uma das personagens de maior destaque do folhetim de Manoel Carlos. "O Maneco foi um 'gentleman'. A trama da Sílvia foi muito bacana e foi se apresentando de uma forma muito rica. Abriu um leque de oportunidades e conflitos muito interessantes", valoriza. Após 9 anos na Record, a atriz se sente cada vez mais segura da decisão de não ter renovado seu contrato com a emissora de Edir Macedo para buscar novas oportunidades na televisão e no teatro. "Sempre procurei respeito e reconhecimento profissional. Tenho muito orgulho da minha trajetória. Não esperava que a oportunidade de voltar para a Globo fosse acontecer tão cedo", explica ela, que, após uma sucessão de protagonistas, não se preocupou com o menor espaço na trama. "O que me move são os bons personagens", completa. Com o fim da novela das nove, Bianca pretende voltar suas atenções para o teatro e levar o espetáculo "A falecida", de Nelson Rodrigues, para São Paulo. "Comprei os direitos da peça. Sempre quis fazer esse trabalho. É um projeto muito interessante, e acho que pode ter uma vida longa'', ressalta.


PLANO ANTIGO

George Moura não foi o primeiro a ter a ideia de produzir o remake de "O rebu". Antes de encerrar seu contrato com a Globo, Carlos Lombardi sugeriu uma adaptação da obra original de Bráulio Pedroso à direção da emissora. No entanto, a proposta foi vetada pelos executivos do canal na época. Atualmente, Lombardi é contratado da Record, onde assinou "Pecado mortal".


PISTA DE DANÇA

Rui Vilhena irá retratar a era disco através de ''Boogie Oogie", próxima novela das seis. A trama contará com uma boate homônima ao título do folhetim, onde se passarão diversos momentos importantes da história. A novela será protagonizada por Marco Pigossi e Isis Valverde, que interpretam Rafael e Sandra. O folhetim conta com a direção geral de Gustavo Fernandez e núcleo de Ricardo Waddington, mesma dupla responsável por "Além do horizonte''.


DE VOLTA

Bernardo Mendes, que ficou conhecido por interpretar o descolado Bodão de "Malhação", está escalado para ''Dupla identidade", nova série policial da Globo. Na história escrita por Gloria Perez, ele dará vida ao jovem Júnior e irá contracenar diretamente com os personagens de Marisa Orth e Aderbal Filho, que interpretam Otto e Sílvia. A série tem estreia prevista para 19 de setembro.


VIDA LONGA

No elenco de "Império", próxima novela das nove da Globo, Daniel Rocha assinou contrato longo com a emissora por três anos. Na trama de Aguinaldo Silva, ele dará vida ao rebelde João Lucas, filho mais novo do protagonista José Alfredo, interpretado por Alexandre Nero. Daniel participou de novelas como "Avenida Brasil" e "Amor à vida".


CAMPANHA ELEITORAL

De folga da TV desde 2012, quando participou dos capítulos iniciais de ''Balacobaco", Victor Fasano está escalado para a série ''Plano alto", da Record. Na história escrita por Marcílio Moraes, o ator será Ubirajara, advogado e assessor pessoal do governador Guido Flores, interpretado por Grancindo Jr. A série tem estreia prevista para meados de setembro.


RÁPIDAS

# Nesta sexta, em "Me leva contigo", Rafael Cortez comanda mais uma etapa de encontros do reality show amoroso.

# Hoje, a Band reprisa os melhores momentos do programa ''Pânico".

# A Record exibe, nesta sexta, o episódio "É rock a noite inteira'', da primeira temporada de "A nova super máquina".

# O "Globo cidadania" mostra, amanhã, iniciativas que promovem a sustentabilidade através da formação de crianças e jovens.


FOI BEM

A versatilidade artística de Antonio Fagundes, o Giácomo de "Meu pedacinho de chão". Após emendar três trabalhos, o ator vive um personagem com ares fantasiosos e se afasta totalmente do maniqueísta César, de "Amor à vida".


FOI MAL

O marasmo e apatia que permeou a trama de "Em família'' do começo ao fim. Sem um casal central forte para movimentar a história, o folhetim foi um festival de diálogos enormes e inúteis.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?