Publicidade

04 de Junho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

DE LETRA

A Copa do Mundo é, sem dúvidas, o grande filão da Globo para alavancar sua programação este ano. Em um período de baixa audiência em suas novelas, a emissora aposta alto no campeonato que será sediado no Brasil. Por isso, irá movimentar boa parte de sua equipe de jornalistas em uma cobertura que envolve cerca de 2500 profissionais. Estar à frente de grandes eventos não é uma novidade na carreira de Glenda Kozlowski, que comanda o "Esporte Espetacular" ao lado de Ivan Moré. A apresentadora já participou dos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, Olimpíadas de Atenas, em 2004, e, agora, chega à sua sexta cobertura de Copa do Mundo. No entanto, reconhece que a realização do evento no Brasil torna a transmissão uma das mais importantes de sua carreira, iniciada em 1992 à frente do programa ''360 Graus", do SporTV. "A minha primeira cobertura foi em 1994, quando eu era repórter do SporTV. Mas, sem sombra de dúvidas, a Copa no Brasil tem um gosto especial. Será um marco na vida de todos nós", torce. A Globo exibirá todos os 64 jogos da Copa do Mundo, sendo 56 deles ao vivo e oito, que acontecem simultaneamente, em compactos de uma hora. Só de jogos, serão 120 horas de transmissão. Ao todo, 80 repórteres vão trabalhar na cobertura das seleções, sendo cinco deles acompanhando a equipe de Luiz Felipe Scolari.


DE CARA NOVA

Arthur Aguiar mudou o visual para viver o protagonista Duca da próxima temporada de "Malhação". O ex-''Rebelde'' raspou os cabelos para o novo personagem. A mudança ficou a cargo da equipe da caracterizadora Carmen Bastos. Na história, Arthur vive um jovem lutador que quer alcançar o sucesso praticando muay thai.


INTERATIVIDADE

Nos últimos anos, a Globo tenta aproximar e resgatar o público jovem de "Malhação". Em sua nova temporada, que estreia dia 14 de julho, o telespectador terá a chance de participar do folhetim adolescente. O público poderá enviar vídeos com performances artísticas que serão avaliadas pela produção da novela. O participante do vídeo escolhido irá até o Projac, complexo de estúdios da emissora localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, gravar uma participação na história de Rosane Svartman e Paulo Halm. As inscrições podem ser feitas através do site da trama infantojuvenil.


PAUSA NO TRABALHO

A estética rebuscada de Luiz Fernando Carvalho torna o ritmo das gravações de ''Meu pedacinho de chão" mais lento e intenso. Ainda assim, Bruna Linzmeyer conseguiu um curto período de folga dos trabalhos do folhetim de Benedito Ruy Barbosa e foi à Nova York para o lançamento do documentário sobre a performance ''Seewatchlook'', que a atriz fez em parceria com o ator Michel Melamed durante o tempo em que morou na cidade norte-americana.


MÁQUINA DO FUTURO

A comédia sempre permeou os trabalhos de Roberta Rodrigues. De folga da TV desde o fim do "Divertics", a atriz gravou uma participação em um dos episódios de ''A grande família" como a esposa de Tuco, papel de Lúcio Mauro Filho. Na história, o filho de Lineu e Nenê, de Marco Nanini e Marieta Severo, viaja no tempo para 2034 e descobre a si mesmo casado e com dois filhos na faixa dos 20 anos. O episódio ainda não tem data para ir ao ar.


NA MESMA

A estreia de "Vitória", nova novela da Record, não alavancou os índices de audiência. A trama de Cristianne Fridman registrou média de 8 pontos. Na faixa das 21h26 às 22h44, a produção também registrou pico de 10 pontos e share de 11%. Embora o número seja um pouco superior à média geral de "Pecado mortal", que fechou com 6 pontos, o folhetim é umas das estreias mais fracas da emissora nos últimos tempos.


RÁPIDAS

# Nesta quarta, o "Câmera Record'' mostra por onde andam personagens que fizeram sucesso com vídeos na internet.

# Hoje, a Record reprisa o episódio "Cura da mão ressequida", da minissérie ''Milagres de Jesus''.

# Carlinhos Brown participa, nesta quarta, do quadro "Boteco do Ratinho", no "Programa do Ratinho".


FOI BEM

O desempenho de Ronald Rios à frente do quadro "Documento da semana", do "CQC". O repórter encarou uma série de matérias pesadas, densas e polêmicas nos últimos programas. Ronald soube conciliar o caráter jornalístico das reportagens com toques de humor.


FOI MAL

As falas extremamente melodramáticas de ''Vitória" e os constantes trocadilhos com a temática equina da novela. Os diálogos - carregados de frases clichês - tornam as sequências completamente artificiais e toscas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?