Publicidade

05 de Junho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 

PONTO FINAL

Os tons de satisfação e alegria são notórios no discurso de Hanna Romanazzi, ao analisar seu trabalho como a mimada Sofia de "Malhação". Na reta final da produção, a temporada termina no próximo dia 11, a atriz encara a oportunidade na novela infantojuvenil como sua grande porta de entrada para trabalhos maiores na emissora. "Aprendi muito como atriz e sinto que cada esforço valeu a pena. Por ser meu primeiro papel de destaque, acredito que Sofia seja um grande ponto positivo na minha carreira", avalia ela, que não se intimidou com o tamanho do papel. "Sabia que tinha uma responsabilidade, mas evitei pensar no peso. Me esforcei para fazer um bom trabalho e estou feliz com o resultado final", completa. Inicialmente, a personagem apresentada pela equipe de preparação da novela era esnobe e egocêntrica. No entanto, Hanna se mostra surpresa com as diversas demonstrações de insegurança e fragilidade que Sofia apresentou ao longo dos capítulos. "Era uma parte que eu não conhecia. Mas foi ótimo transparecer isso para mostrar ao público que a Sofia também pode ser boa", vibra.


EXTERNAS

Após uma série de gravações na Suíça e em Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, a equipe de "Império", próxima novela das nove, abriu uma frente de gravações em Minas Gerais. Chay Suede e Alexandre Nero, que interpretam José Alfredo na primeira e segunda fases, respectivamente, estão no pequeno município de Carrancas para a trama de Aguinaldo Silva. Além deles, Andréia Horta também viajou para a cidade mineira. O folhetim tem estreia prevista para o dia 21 de julho.


ECONOMIA

"O Rebu", próximo remake das 23h, não terá gastos exorbitantes com figurinos. Boa parte do elenco deverá aparecer com a mesma roupa ao longo de toda a novela. Adaptada por George Moura, a trama inteira se passa dentro de um contexto de 24 horas, em que os personagens tentam solucionar um misterioso assassinato. Recentemente, o elenco esteve na Argentina gravando grande parte das sequências do folhetim. A novela conta com Marcos Palmeira, Dira Paes, Tony Ramos, Patrícia Pillar e Sophie Charlote. A trama tem estreia definida para o dia 14 de julho.


FOI BEM

A primeira temporada do "Tá no ar: A TV na TV". Após demorar a se encontrar na Globo, Marcelo Adnet, ao lado de Marcius Melhem, apresentou um programa com um humor divertido e inteligente. Além disso, reuniu um elenco extremamente funcional e com bastante entrosamento.


FOI MAL

A falta de sentido dos idiomas de "Geração Brasil". Enquanto a personagem de Débora Nascimento, a modelo espanhola Maria Vergara, apenas fala em espanhol, os outros papéis estrangeiros como Pamela e Megan, de Claudia Abreu e Isabelle Drummond, respectivamente, falam em português com inserção de algumas palavras em inglês.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?