Publicidade

11 de Julho de 2014 - 06:00

Compartilhar
 
Elke Maravilha conta, no documentário, sobre suas motivações na vida
Elke Maravilha conta, no documentário, sobre suas motivações na vida

'Tudo que move'

Quando o cineasta baiano Thiago Gomes completou 30 anos, sentiu que um ciclo se encerrava em sua vida. A partir daquele momento, eram outras suas motivações. Foi então que ele decidiu refletir sobre isso em seu ofício, entrevistando personagens com pelo menos o dobro de sua idade. Investigando os momentos transformadores da vida, o filme conta com depoimentos do teatrólogo Amir Haddad, do cirurgião plástico Ivo Pitanguy, da escritora Nélida Piñon, do cineasta Edgard Navarro, da cantora Beth Carvalho, da sambista Tia Surica da Portela e dos atores Zezé Motta, Elke Maravilha, Stênio Garcia e Hugo Carvana. Canal Brasil, 17h

"Tudo que move", Brasil, 2014. Direção Thiago Gomes. Documentário, cor, 85 min.


INFÂNCIA ROUBADA

Max é um garoto órfão que vive em uma família e precisa trabalhar duro e suportar maus tratos. Mas as notas do acordeom e seu desejo de fugir para a Argentina com sua amiga Berteli o incentivam a sonhar com uma vida melhor. Max, 16h55

"Der verdingbub", Suíça, 2012. Direção Markus Imboden. Com Katja Riemann, Stefan Kurt e Hanspeter Müller. Drama, cor, 103 min.


RIDDICK 3

Riddick é o homem mais procurado da galáxia. Ao ser traído, ele é abandonado à própria morte em um planeta destruído pela guerra. Seu único desejo é conhecer seu planeta natal, de onde saiu muito jovem, mas para isso ele precisa enfrentar perigos naturais e vencer caçadores de recompensas. Telecine Premium, 22h

"Riddick", EUA, 2013. Direção David Twohy. Com Karl Urban, Vin Diesel e Katee Sackhoff. Ação, cor, 130 min.


MARTE PRECISA DE MÃES

Milo é um menino de 9 anos que reclama das ordens da sua mãe: comer brócolis, arrumar o quarto e atender o telefone. Só que a vida dos dois muda quando marcianos precisam de um exemplo de educação e raptam a mãe de Milo para que ela cuide das crianças marcianas.O menino, então, não está disposto a entregar os pontos e parte numa aventura épica para salvá-la das mãos do inimigo, nem que para isso tenha que se aliar a uma raça alienígena e uma rebelde marciana, Ki. Megapix, 22h30

"Mars needs moms", EUA, 2011. Direção Simon Wells. Animação, cor, 88 min.


Mulher-objeto é passado?

De acordo com o recente levantamento feito pelo Instituto Patrícia Galvão, há um conflito entre o que os espectadores veem e o que gostariam de ver nas publicidades exibidas na televisão. A pesquisa aponta que 84% dos entrevistados concordam que o corpo da mulher é usado como chamariz para promover a venda de produtos e serviços na publicidade para TV. Debatendo o assunto, o programa "Ver TV" desta sexta convida Jacira Vieira de Melo, diretora-executiva do Instituto Patrícia Galvão, ONG que atua no direito de comunicação e das mulheres; Bruna Provazi, jornalista formada pela UFJF, militante da Marcha Mundial das Mulheres e guitarrista da banda Top Surprise; e o publicitário Ênio Vergeiro, presidente da Associação de Profissionais de Propaganda e do Conselho Superior do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária). TV Brasil, 20h


CONTRAPLANO

No episódio desta sexta, Miguel de Almeida recebe o cineasta Ugo Giorgetti e o psicanalista Tales Ab' Saber para uma discussão acerca dos seguintes filmes censurados durante a ditadura militar: "O despertar da besta" (1969/1982); "Manhã cinzenta" (1969); "Pra frente Brasil" (1982); e "Cabra marcado para morrer" (1964-1984). Sesc TV, 22h


OBRAS SELVAGENS

No programa desta sexta, "Sobrado na mata", Tim Fauler sonha em transformar uma parte pantanosa de seu terreno no paraíso dos esportistas, com uma casa para seus amigos e familiares. No entanto, as terras acidentadas se mostram como um desafio para Paulie e Tuffy, já que barrancos e água pela mata densa podem suportar o peso da casa. National Geographic, 20h50

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?