Publicidade

22 de Dezembro de 2013 - 07:00

Compartilhar
 
No papel do protagonista está Anthony Hopkins, que contracena com Scarlett Johansson interpretando Janet Leigh
No papel do protagonista está Anthony Hopkins, que contracena com Scarlett Johansson interpretando Janet Leigh

'Hitchcock'

Como foi realizado o clássico filme "Psicose", de 1960, com sua mítica cena da mulher atacada no chuveiro? Baseado no livro "Alfred Hitchcock and the making of psycho", o filme revela os bastidores da produção, mostrando que, na época, mesmo no auge de sua carreira, Hitchcock não conseguiu apoio para realizar a obra, porque os estúdios não queriam investir em um pequeno filme de terror. O resultado foi uma produção independente, de baixo orçamento, que encontrou grandes dificuldades para driblar a censura e para ser distribuída nos Estados Unidos, em função das cenas de violência e nudez. Além disso, diversos obstáculos surgiram durante as filmagens, como as brigas constantes entre Hitchcock e sua esposa, Alma Reville, os problemas de saúde do diretor e seus desentendimentos com o elenco. Contrariando todas as expectativas, "Psicose" se tornou uma referência no cinema mundial, e um dos maiores sucessos na carreira do cineasta. Telecine Premium, 22h

"Hitchcock", EUA, 2012. Direção Sacha Gervasi. Com Anthony Hopkins, Helen Mirren e Jessica Biel. Drama, cor, 110 min.


JULIE E JULIA

Em pleno 1948, Julia Child, uma americana que passou a morar em Paris devido ao trabalho de seu marido, Paul, segue em busca de algo para se ocupar. Após se interessar por culinária, ela passa a apresentar um programa de TV sobre o assunto. Cinquenta anos depois, Julie Powell, prestes a completar 30 anos, sente-se frustrada com a vida que leva. Em busca de um objetivo, ela resolve passar um ano cozinhando as 524 receitas do livro de Julia Child. Ao longo deste período, Julie escreve para um blog no qual relata suas experiências. Globo, 1h36

"Julie & Julia", EUA, 2009. Direção Nora Ephron. Com Meryl Streep, Amy Adams e Stanley Tucci. Drama, cor, 123 min.


UMA VARANDA PARA O MAR

Casado e pai de uma filha, Marc mora no Sul da França e leva uma vida confortável como agente imobiliário de sucesso. Em visita a uma casa de campo, ele conhece uma mulher fascinante cujo rosto lhe parece familiar. Quando descobre ser Cathy, o amor de seus 12 anos, ele a procura em um hotel e passam a noite juntos. Novamente ela se vai, e Marc, desesperado, conta para a mãe o ocorrido. Ela lhe diz que Cathy nunca deixou a Argélia, já que foi morta com seu pai em um atentado pouco antes da independência. Max, 22h

"Un balcon sur la mer", França, 2010. Direção Nicole Garcia. Com Jean Dujardin, Marie-Josée Croze e Toni Servillo. Drama, cor, 95 min.


Palavras de Bethânia

"Sangrando", "Festa", "Explode coração" e "O que é, o que é", de Gonzaguinha, estão no repertório romântico do novo show de Maria Bethânia, que vai ao ar neste domingo. "Não enche", de Caetano Veloso; "A casa é sua", de Arnaldo Antunes; "Na primeira manhã", de Alceu Valença, além de "Negue" e "Fera ferida" preenchem a lista de sucessos da cantora, que canta sob pétalas de rosas brancas no show intitulado "Carta de amor". Criado por Bia Lessa, o cenário, igualmente inspirador, também reúne um tapete bordado no chão, um tronco de árvore que serve de apoio à cantora e luzes suspensas no palco, criando diferentes ambientes. Descalça, a irmã de Caetano canta, dança e recita textos de autores como José Régio e Fernando Pessoa. Liderados pelo maestro Wagner Tiso ao piano, o grupo que a acompanha é formado por Gabriel Improta (violão e guitarra), Paulo Dafilin (violão e viola), Jorge Helder (baixo), Pantico Rocha (bateria), Marcelo Costa (percussão) e Marcio Mallard (cello). Entre o canto e a declamação, Maria Bethânia confirma seu talento para falar de amor. Canal Brasil, 17h

NOITE DE ARREPIAR

No especial de fim de ano da Record, Vivi Pessoa Camargo convida os esquisitos Macedônio, Codorna e Bob para um jantar de Réveillon na Ilha do Escorpião. Os quatro se conhecem desde a infância e, por isso, a velha e doente Vivi decide pedir desculpas para os amigos por todo bullying praticado quando criança. Na hora do brinde, a luz se apaga misteriosamente. Ao voltar a energia, Vivi aparece caída de cara na comida com uma facada nas costas. A detetive Justina, então, dá a largada para sua hilariante investigação. Record, 23h15

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?