Publicidade

20 de Dezembro de 2013 - 07:00

Compartilhar
 
Ben Affleck é Neil, e Olga Kurylenko interpreta Marina no drama sobre um triângulo amoroso
Ben Affleck é Neil, e Olga Kurylenko interpreta Marina no drama sobre um triângulo amoroso

'Amor pleno'

Neil é um homem norte-americano descontente com a sua vida que decide viajar a Paris para descansar. Na capital francesa, ele conhece Mariana, uma europeia, e se apaixona. De volta para os Estados Unidos, com a mulher e a filha, ele se casa para ajudá-la a ter a permissão de estadia americana. Porém, passado o casamento, a relação dos dois se degrada. Neste momento, ele encontra uma antiga namorada, com quem inicia um novo romance. Em seu primeiro filme inteiramente ambientado nos dias de hoje, Terrence Malick trafega entre o sagrado e o profano para falar de amor e, numa leitura intimista, para abordar Deus e as muitas perdas da vida. Max, 0h10

"To the wonder", EUA, 2012. Direção Terrence Malick. Com Ben Affleck, Rachel McAdams e Javier Bardem. Drama, cor, 113 min.


A ÚLTIMA ESTAÇÃO

Em 1950, um jovem libanês chamado Tárik deixa sua cidade natal em busca de uma vida melhor no Brasil. Ao chegar ao porto de Santos, ele se desentende com o irmão de uma garota síria com a qual estava flertando e, na briga, cai no mar. Salvo por Ali, outro jovem libanês, ele se vê afastado do novo amigo ao passar pela imigração. Décadas mais tarde, já idoso, Tárik resolve partir em busca de Ali para pedir-lhe perdão. Em sua jornada, ele tem a companhia da filha, que se recusa a seguir os ideais religiosos e de comportamento pregados pelo pai. Canal Brasil, 19h

"A última estação", Brasil, 2013. Direção Marcio Curi. Com Mounir Maasri, Elisa Lucinda e Clara Lobato. Drama, cor, 115 min.


SOBREVIVENDO AO NATAL

Cansado de passar o Natal sozinho, um executivo rico decide voltar à casa onde viveu sua infância para recordar as festas que passava em família, mas as pessoas que moram lá agora são totalmente desconhecidas. Decidido a ter um dia alegre, ele resolve pagar para ter uma nova família durante as festas da época, virando do avesso a vida de todo mundo. Globo, 16h06

"Surviving Christmas", EUA, 2004. Direção Mike Whitcher. Com Ben Affleck, Christina Applegate e James Gandolfini. Comédia, cor, 91 min.


AMANHECER VIOLENTO

Jed Eckert, Matt Eckert e Erica Martin formam uma família que deve defender sua cidade natal de tropas invasoras. O grupo organiza uma série de ataques capazes de inspirar toda uma nação. Telecine Premium, 22h

"Red dawn", EUA, 2012. Direção Dan Bradley. Com Adrianne Palicki, Chris Hemsworth e Isabel Lucas. Ação, cor, 105 min.


Pela hora da morte

O diretor de teatro, cinema e televisão, Henrique, faz um misterioso convite a um grupo de amigos para que o encontrem certa noite no estúdio de filmagens onde trabalha. Mais tarde, um advogado, uma atriz e dois autores e roteiristas chegam ao lugar, onde já não há mais ninguém, e o anfitrião serve vinho antes de finalmente satisfazer a curiosidade dos convivas, ansiosos para saber a razão de tudo aquilo: ele, Henrique, irá morrer no dia seguinte. Comemorando o Ano da Alemanha no Brasil, o especial de fim de ano da Record "O amor e a morte" é livremente inspirado nos contos "A morte", "Desejo de felicidade", "A queda" e "Anedota", todos de autoria de Thomas Mann, considerado um dos maiores romancistas da história e vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 1929. Com um formato próximo ao teatral, o telefilme tem no elenco nomes de peso como Floriano Peixoto, Gabriel Gracindo e Giuseppe Oristânio, além de Adriana Garambone, Thelmo Fernandes e muitos outros. Record, 0h15


UPDATE

Duas apresentadoras egressas da MTV, frente a frente, para falar da TV e novos projetos. Entrevistada de Sabrina Parlatore hoje, a ex-VJ Sarah Oliveira relembra a carreira e comenta sobre seu mais recente projeto, o documentário "Na trilha da canção", que tem a música como tema principal. Glitz, 23h58


VIVA O SUCESSO

Jessé Gomes pode não ser um nome conhecido, mas Zeca Pagodinho é extremamente popular no Brasil e no exterior. Entrevistado da atração essa semana, o cantor e compositor de Irajá, Zona Norte do Rio de Janeiro, fala de sua carreira, de como começou a se encantar pelo samba, dos mais de 20 álbuns lançados e da família. Bem-humorado, o sambista faz questão de afirmar que é do povão e apaixonado pela vida, por isso teve dificuldade de se adaptar ao estrelato. Viva, 21h15

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?