Publicidade

19 de Janeiro de 2014 - 19:48

Por Marcelo Gomes - Agencia Estado

Compartilhar
 

Impedidos de entrar no Shopping Leblon, na zona sul do Rio, com a decisão da administração de não abrir as portas neste domingo, 19, cerca de 50 manifestantes que compareceram ao "rolezinho" convocado por redes sociais transformaram a calçada do centro de compras em um baile funk com direito a churrasco.

Uma caixa de som em alto volume embalava os manifestantes, que dançam, pulam e gritam palavras de ordem contra a realização da Copa no Brasil e o governador Sérgio Cabral (PMDB).

Alguns comem linguiças preparadas em churrasqueira improvisada no chão, em frente ao shopping. Por volta das 19 horas, um repórter da GloboNews foi cercado e hostilizado por manifestantes. Ele deixou o local foi escoltado por homens que seriam seguranças da emissora. Os manifestantes colaram cartazes na parede do shopping com frases como: "Rolé boicote Copa", "Não somos mercadoria" e "Todos somos iguais". As duas faixas da avenida Afrânio de Melo Franco no sentido Lagoa Rodrigo de Freitas estão fechadas pelos manifestantes. Dezenas de policiais militares e guardas municipais acompanham o protesto, sem interferir.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?