Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 16:49

Por Gustavo Porto - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) informou, nesta quinta-feira, 5, que não espera crescimento do setor em 2014 em relação a 2013, assim como ocorrerá este ano em relação ao passado. Com isso, a produção deve ficar em torno de 1,69 milhão de unidades e as vendas, em 1,625 milhão de veículos pelo terceiro ano seguido.

Além do crédito ainda restrito para o setor, devido à inadimplência alta no passado, a Abraciclo atribuiu a previsão ao cenário de incertezas quanto ao rumo da economia e ao maior número de feriados, acentuado pela realização da Copa do Mundo. "Nossa perspectiva é de um 2014 estável, sem mudanças no cenário em relação a 2013, que prosseguiu com a seletividade de crédito e retração da atividade econômica. Com a Copa, os brasileiros tendem a consumir outros produtos, como televisores", avaliou Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

De acordo com dados da Abraciclo, de janeiro a novembro foram produzidas 1,588 milhão de unidades, o que ainda representa uma queda de 2,2% no comparativo com igual período de 2012, quando a produção registrou 1,624 milhão de unidades. Em novembro, foram produzidas 155,525 mil motocicletas ante 171,991 mil do mês anterior, um recuo de 9,6%.

No acumulado do ano, as vendas no atacado chegaram a 1,479 milhão de motocicletas, queda de 2,8% em relação ao mesmo período de 2012, quando foram comercializadas 1,522 milhão de unidades. Em novembro, as vendas das indústrias para as concessionárias atingiram 130,468 mil motocicletas, recuo de 16,3% no comparativo com outubro, que apurou 155,875 mil unidades.

Na contramão dos resultados negativos do mercado interno, as exportações cresceram 2,6% no acumulado de janeiro a novembro deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior, passando de 95,503 mil para 98,002 mil unidades exportadas. Em novembro, as vendas externas somaram 10,685 mil motocicletas, alta de 6,6% no comparativo com o mesmo mês de 2012 (10,025 mil) e uma queda de 1,6% em relação a outubro, quando foram exportadas 10,864 mil motocicletas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?