Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 16:03

Por Luciana Collet - Agencia Estado

Compartilhar
 

Pelo menos duas companhias aéreas nacionais já demonstraram interesse em levar voos para o futuro aeroporto de Guarujá, em São Paulo. Em entrevista ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, o gerente de relações institucionais da Azul, Ronaldo da Silva Veras, confirmou que a companhia quer iniciar voos para o destino do litoral paulista, possivelmente conectando Campinas (seu principal centro de conexão - hub) e Rio de janeiro, e potencialmente também Belo Horizonte. "Aguardamos apenas a regularização do aeroporto", disse.

O diretor da Avianca, Tarcisio Gargioni, também revelou que a aérea quer atender o Guarujá, mas disse que não há definição de rota, por enquanto. "Possivelmente seria Brasília, nosso principal hub", comentou.

Conforme estudo elaborado pela Associação Brasileira de Empresas Aéreas (Abear), levando em consideração a altitude da pista, seu comprimento atual de 1390 m x 45 m, ela poderia operar de maneira idêntica ao aeroporto Santos Dumont (1323 m x 42 m), mas a resistência do asfalto limita a utilização das principais aeronaves da frota nacional. Pelo estudo, poderiam aterrissar desde já na pista existente da base aérea os ATRs 42 e 72, além dos modelos Embraer 145 e 175. Esses modelos fazem parte atualmente apenas da frota da Azul. Gargioni disse que também seu A318 poderia operar no local. "Ele é um avião menor e mais leve", comentou.

De acordo com o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz, se a pista for ampliada para 1600 metros e houver a melhora da resistência do asfalto, toda a frota nacional poderá utilizar o aeroporto. O diretor de Desenvolvimento Aeroportuário da prefeitura de Guarujá, Dario Lima, disse ao Broadcast que a expansão está prevista para uma segunda fase do projeto, com investimento sob responsabilidade do futuro concessionário.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?