Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 16:04

Por Luciana Collet - Agencia Estado

Compartilhar
 

A prefeitura do Guarujá tem a intenção de tornar seu aeroporto civil metropolitano operacional entre o final de 2015 e o início de 2016. "Trabalhamos para que em dois anos estejamos iniciando plenamente (a operação do aeroporto)", disse a prefeita Maria Antonieta de Brito, lembrando que a prefeitura ainda precisa realizar os estudos ambientais (EIA-RIMA), o que deve levar um ano, além de elaborar e executar o processo licitatório.

De acordo com ela, diversos grupos já entraram em contato com o município e demonstraram interesse no investimento. O prazo de concessão do aeroporto ainda não foi anunciado pela prefeita, que apenas informou que o projeto leva em conta uma movimentação de passageiros da ordem de 500 mil pessoas/ano e 17 voos diários. "Há quatro anos, estimávamos um investimento de R$ 80 milhões, mas podemos receber mais", disse.

A prefeitura recebeu nesta terça-feira, 03, outorga do aeroporto, após a Aeronáutica ter cedido área de sua base aérea local para a Secretaria de Aviação Civil (SAC). O aeroporto, que será construído em uma área de 280 mil metros quadrados da Base Aérea de Santos (localizada no distrito de Vicente de Carvalho, no Guarujá), aproveitará a pista de 1.390 metros já existente. Mas serão necessários investimentos na reforma da pista, construção do pátio de aeronaves e terminal de passageiros, estacionamento, vias de acesso, além dos equipamentos relacionados à atividade aeroportuária.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?