Publicidade

11 de Março de 2014 - 06:54

Por Ayr Aliski - Agencia Estado

Compartilhar
 

Os 63 aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) devem alcançar uma movimentação de 3,1 milhões de passageiros durante o período de carnaval: entre sexta-feira, 28, e a Quarta-Feira de Cinzas, 06 de março. Essa estimativa, que envolve embarques e desembarques, representa um crescimento de 10,3% em relação ao carnaval de 2013 (8 a 14 de fevereiro), quando 2,8 milhões de pessoas utilizaram os terminais da Infraero. Tanto em relação a 2014 como ao ano passado, os números não envolvem os terminais de Guarulhos (SP), Viracopos (SP) e Brasília (DF), que foram concedidos à iniciativa privada.

Para o carnaval será acionado um plano de ação específico, de forma a garantir a agilidade nos aeroportos. Haverá reforço nas equipes de segurança e de operações, por meio de remanejamento das escalas de trabalho, além do acompanhamento constante de equipamentos essenciais, como esteiras e pontes de embarque. O atendimento aos usuários também será intensificado. Nos saguões, funcionários vestidos com os coletes amarelos da campanha "Posso Ajudar?/May I Help You?" estarão a postos para esclarecer dúvidas e orientar passageiros.

A Infraero destaca que já está disponível a nova versão impressa do "Guia do Passageiro", reunindo informações sobre viagens, direitos e responsabilidades dos passageiros e da companhia aérea. Em sua quinta edição, o material ganhou um novo formato (mini) e capa ilustrada. O material - que é gratuito - traz desde dicas na hora de comprar uma passagem aérea, documentação necessária para viagem, transporte de animais, cuidados com a saúde, devolução de bagagem, transporte de produtos de origem animal e vegetal, além dos direitos do passageiro em casos de atraso, cancelamento ou não embarque. As orientações são voltadas tanto para as viagens domésticas quanto internacionais.

Uma das novidades é o item que esclarece dúvidas sobre câmbio e moeda. Há dados, por exemplo, sobre onde comprar moeda estrangeira no Brasil e se há limite de operações com moeda em espécie ou cheques de viagem.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?