Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 21:31

Por Eulina Oliveira - Agencia Estado

Compartilhar
 

Representantes das companhias aéreas e dos aeronautas e aeroviários se reúnem na próxima quarta-feira, dia 11, para discutir o reajuste salarial da companhia. Na rodada de negociação realizada nesta quinta-feira, 5, não houve acordo.

A proposta patronal é de reajuste integral de salários pelo INPC, estimado em 5,6% no acumulado dos últimos 12 meses. O aumento seria irrestrito para os aeronautas e limitado aos salários até R$ 10 mil para os aeroviários. Para os aeroviários com salários acima desse montante, é oferecido um valor fixo, calculado pela multiplicação do índice do INPC pelo fator-base 10 mil.

Os trabalhadores reivindicam reajuste salarial de 12%; piso para operadores e despachantes de check-in de R$ 1.600,00; reajuste de 20% nos vales alimentação e refeição; vale refeição para os part time; seguro de vida de R$ 20 mil e direito a creche para crianças de até três anos. A data base é 1º de dezembro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?