Publicidade

16 de Janeiro de 2014 - 16:41

Por Carla Araújo - Agencia Estado

Compartilhar
 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, afirmou nesta quinta-feira, 16, após receber o senador e presidente do PSDB Aécio Neves para um almoço, que teve uma conversa "boa e muito positiva" com o correligionário. "Foi uma boa conversa sobre as preocupações com as políticas econômicas", afirmou.

Segundo Aécio, ela fizeram uma análise "das preocupações de muitos brasileiros" com a economia, que sofre com "o recrudescimento da inflação, a perda da credibilidade, que afeta investimentos importantes para termos empregos de melhor qualidade", afirmou o senador e provável candidato do partido à Presidência.

Após Aécio afirmar que ambos trataram durante o almoço das questões de alianças para as eleições, Alckmin negou que eles tenham definido alguma solução para o impasse entre PSDB e PSB em São Paulo. "Não, porque primeiro é preciso definir candidatos e isso é só mais para frente", disse.

Segundo Alckmin, não há hipótese de definir alianças no início do ano. Questionado se já teria encontro marcado com o presidente do PSB e provável concorrente de Aécio nas eleições, o pernambucano Eduardo Campos, o governador afirmou que não tem nada agendado. "Mas quando ele vier para a Província de Piratininga a gente toma um café", brincou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?