Publicidade

11 de Janeiro de 2014 - 10:00

Por - Agencia Estado

Compartilhar
 

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schaeuble, espera zerar o endividamento do país até 2015, de acordo com reportagem deste sábado do Rheinische Post. "Estamos planejando uma dívida zero para 2015, a economia está indo bem", declarou Schaeuble ao jornal. De acordo com o ministro, Alemanha e Comissão Europeia esperam que a economia alemã cresça em torno de 1,7% neste ano. "E está é a estimativa cautelosa", completou.

Em novembro do ano passado, a chanceler Angela Merkel já havia exigido um endividamento líquido zero para o país em 2015. Na ocasião, Merkel afirmou que a pretensão do governo é de não fazer novos empréstimos a partir de 2015, com o objetivo de reduzir a dívida total.

Ainda segundo Schaeuble, a dívida registrada em 2013 deve ficar inferior a ? 25,1 bilhões, apesar da assistência federal após as graves inundações que atingiram o leste do país. Para este ano, o ministro estima que o déficit da Alemanha diminuirá e que o orçamento será equilibrado.

Sobre a Grécia, Schaeuble considerou possível a oferta de uma pequena ajuda adicional no próximo ano, desde que o país cumpra as exigências regulamentares. "Se a Grécia cumprir todas as suas obrigações até o final de 2015, alcançar um superávit primário, e, ainda precisar de ajuda financeira, nós estaríamos disposto a fazer algo", disse. "Ninguém pode negar que a Grécia fez claros progressos, muito mais do que muitas pessoas pensaram que o país poderia fazer".

O aporte, sem dúvidas, seria inferior ao do empréstimos anterior, mas, segundo o ministro, só será possível avaliar a necessidade de tal medida a partir do segundo semestre deste ano. De acordo com Schaeuble, no momento, cabe a Grécia continuar a atingir todas as metas programadas. Fonte: Dow Jones

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?