Publicidade

19 de Janeiro de 2014 - 16:58

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O técnico Abel Braga ainda não reestreou no comando do Internacional, mas o efeito de seu trabalho já pode ser visto na pré-temporada. Pelo menos foi o que garantiu o meia Alex, que exaltou o treinador e disse que sua chegada mudou o ânimo da equipe, que vinha desanimada após uma temporada ruim em 2013.

"A chegada do Abel mudou porque ele tem todo um controle, uma maneira de levar que desde o início da temporada está facilitando muito, no contato interpessoal, de saber a individualidade de cada um, de fazer todo mundo se sentir importante. Está tendo isso. Como grupo, vamos ter que prolongar isso, ajudar nessa administração", disse, em entrevista ao site do clube.

Segundo o meia, não é apenas Abel que mudou a cara do Internacional. O jogador fez questão de exaltar o planejamento da diretoria, que manteve os jogadores do time principal em trabalho de pré-temporada na cidade de Gramado, enquanto a equipe sub-23 representa o clube no Campeonato Gaúcho.

"Tem sido tudo muito legal, está tudo no lugar. Gramado é um lugar legal, o que torna especial. Está tudo bem certinho, não temos nada para reclamar da parte de organização. O hotel tem nos assistido muito bem, a alimentação está muito boa para a gente se recuperar. E o trabalho em campo está sendo muito bom, uma energia muito boa. Está todo mundo trabalhando em um sentido bem legal. Ficamos bem animados para o ano. Claro que depois precisamos continuar nesse mesmo caminho, mas a base está sendo bem feita", comentou.

Outro grande fator motivador para o ano é a reabertura do Beira-Rio, marcada para o início de abril. "Obviamente, é muito diferente para a torcida torcer no Beira-Rio, a energia é diferente. A nossa casa faz muita diferença, mesmo que os torcedores vão a Caxias, Novo Hamburgo. E a gente quer usar nossa casa como trunfo a nosso favor, como sempre foi", apontou Alex.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?