Publicidade

20 de Dezembro de 2013 - 15:46

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Contratado no começo da temporada - veio do Figueirense -, Aloísio terminou o ano como um dos destaques do São Paulo em 2013. Com gols, muita raça e até mesmo as inusitadas comemorações, virou ídolo da torcida são-paulina. E ele próprio admite ter ficado surpreendido com a rápida adaptação que teve no clube.

"Tudo isso me surpreendeu um pouco. Óbvio, a gente trabalha para fazer o melhor nos jogos e ajudar, mas não esperava uma adaptação tão rápida em um clube grande como o São Paulo. Isso me deixa feliz e com mais força para continuar trabalhando. Quero usar essa alegria para fazer melhor em 2014", avisou Aloísio.

Chamado pela torcida de Boi Bandido, o atacante de 25 anos terminou a temporada como o artilheiro do São Paulo, junto com Luis Fabiano, ambos com 22 gols marcados. Mas Aloísio, apesar de comemorar o sucesso que fez individualmente, lamenta por não ter conseguido ajudar o time a conquistar algum título em 2013.

"Para mim, foi um ano bom, mas para o clube, não. De um modo geral, não foi como nós queríamos. Nossa meta era ganhar títulos e alegrar o torcedor. Consegui fazer os gols, mas trocava o meu bom momento por conquistas do São Paulo", afirmou Aloísio, em entrevista publicada pelo site oficial do São Paulo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?