Publicidade

04 de Dezembro de 2013 - 16:44

Por Ricardo Brito - Agencia Estado

Compartilhar
 

O vice-líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias (PR), cobrou nesta quarta-feira que o ministro da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, determine à Polícia Federal (PF) a abertura de inquérito para investigar as suspeitas de que estaria em nome de um "laranja" a empresa que é sócia majoritária do Hotel Saint Peter, o novo empregador do ex-deputado José Dirceu (PT-SP).

Reportagem do

Ele foi condenado no processo do mensalão e cumpre pena em regime semiaberto. Dirceu espera autorização da Justiça para trabalhar. De acordo com Dias, a denúncia veiculada é da "maior gravidade" e mostraria "os caminhos da ilegalidade que ligam esse empreendimento hoteleiro em Brasília a uma arapuca no Panamá".

Ele disse esperar que Cardozo adote um "espírito de desengavetador", como afirmou nesta terça-feira em audiência no Senado, para "esclarecer os mistérios desta arquitetura de ilegalidade visível". "Que o ministro convoque especialistas para essa investigação, e eles não terão dificuldades para chegar até os supostos proprietários ocultos desse hotel", destacou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?