Publicidade

06 de Janeiro de 2014 - 11:19

Por Circe Bonatelli - Agencia Estado

Compartilhar
 

As vendas de materiais de construção no varejo cresceram 4,4% em todo o ano de 2013. Com isso, o faturamento do setor atingiu o recorde de R$ 57,42 bilhões, de acordo com pesquisa divulgada nesta segunda-feira, 6, pela Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco).

O resultado ficou 0,1 ponto porcentual abaixo da projeção de 4,5% revisada em setembro pela associação. No início de 2013, a Anamaco previa crescimento de 6,5% nas vendas, mas baixou suas estimativas devido ao ritmo menor que o esperado na comercialização de materiais.

No mês de dezembro, a pesquisa mostrou que as vendas ficaram estáveis ante novembro e que subiram 1,5% em comparação com dezembro de 2012.

Já em 2014, a comercialização de materiais de construção no varejo deve ter um desempenho superior ao de 2013, de acordo com projeção da Anamaco. A instituição espera que o faturamento do setor avance 7,2% no ano.

"Em função do atual momento em que estamos vivendo e de uma grande quantidade de obras ainda para a Copa do Mundo, devemos ter um desempenho 6% superior no primeiro semestre do ano e 8% superior no segundo", afirmou, em nota, Cláudio Conz, presidente da Anamaco.

A associação trabalha com a estimativa de que o Produto Interno Bruto (PIB) do País cresça em torno de 3,5% em 2014 e minimiza uma possível dispersão dos consumidores de materiais devido ao eventos como a Copa do Mundo e o período eleitoral.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da liberação da maconha para uso medicinal?