Publicidade

11 de Março de 2014 - 00:48

Por Aline Bronzati, Cynthia Decloedt e Fernanda Guimarães - Agencia Estado

Compartilhar
 

A presidente da Associação Brasileiras das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capital (Anbima), Denise Pavarina, disse, nesta quinta-feira, 6, em encontro com a imprensa, que o trabalho de reclassificação dos fundos deverá avançar no segundo semestre deste ano. Segundo ela, a entidade criou grupos para discutir o assunto junto com os clientes e o mercado. "Temos de entregar o que o cliente quer comprar", disse.

São alvo dessa classificação os fundos sob a Instrução 409 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que somam 23 categorias. Os demais fundos de previdência aberta também podem adotar o mesmo formato, segundo a Anbima. A revisão das categorias de fundos está em pauta desde 2012. Para especialistas essa mudança é necessária já que há uma gama de fundos com estratégias similares, eles consideram a consolidação necessária para permitir melhor entendimento por parte dos investidores. Pavarina disse ainda que o trabalho da Anbima está ocorrendo em paralelo ao da CVM, destacou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?