Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 16:02

Por Vítor Marques - Agencia Estado

Compartilhar
 

Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, viajou na noite desta segunda-feira a Abu Dabi, nos Emirados Árabes, com o objetivo de negociar o nome do Itaquerão com duas empresas aéreas: a Emirates, favorita em batizar o novo estádio, e a Etihad. O responsável do clube por administrar as obras do estádio tem reunião marcada para esta quarta e quinta-feira com um fundo de investimento árabe que representa estas duas empresas.

A viagem de Andrés a Abu Dabi estava marcada inicialmente para semana passada. O encontro não aconteceu porque um dos xeques árabes teve de ir ao Japão. O adiamento da viagem foi definido antes do acidente no Itaquerão - onde dois operários morreram na última quarta-feira após a queda de um guindaste - e então já ficou decidido que um novo encontro seria marcado.

Essas reuniões podem selar o contrato de naming rights do estádio que deverá abrigar o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014 e outros jogos da competição. O acordo final não deve ser assinado, mas Andrés quer voltar dessa viagem com todos os detalhes definidos para depois redigir o contrato definitivo. Na viagem, pode ser assinado um termo de compromisso do negócio.

O fundo de investimento árabe já acenou ao clube que aceita pagar ao Corinthians R$ 400 milhões para que uma das empresas ganhe a "concorrência" e batize o estádio. O que está em jogo na mesa de negociação é o tempo de contrato, de 15 ou 20 anos, e a forma de pagamento, além de outros tipos de parceria que poderão ser feitas entre o clube e a empresa (ações de marketing).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?