Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 16:37

Por Wladimir D'Andrade - Agencia Estado

Compartilhar
 

A venda de carrocerias e reboques de caminhão cresceu 1,9% no mês de novembro em relação a igual período de 2012, segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir) antecipados ao Broadcast, serviço em tempo real da Agência Estado. Na comparação com outubro, no entanto, os emplacamentos acompanharam a indústria automotiva e recuaram 11,86%.

De acordo com a Anfir, foram 14.000 implementos rodoviários comercializados em novembro deste ano, ante 15.884 em outubro e 13.739 em novembro de 2012. No acumulado de janeiro a novembro de 2013 as vendas somaram 161.286 unidades, alta de 10,02% sobre igual período de 2012.

A alta de 1,9% foi considerada positiva pela Anfir quando inserida no contexto da economia brasileira como um todo. A representante do setor lembra do fim da colheita da safra, que derrubou o Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária no terceiro trimestre em 3,5% e a estagnação da indústria e do setor de serviços nesse mesmo período. "Os números positivos do setor se sobressaem no momento em que outros segmentos apontam com resultados negativos", disse o presidente da Anfir, Alcides Braga, em nota.

A Associação credita o desempenho do setor ao programa do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) PSI/Finame. O programa que financia a compra de máquinas e equipamentos começou com taxa de juros de 3% ao ano até o final do primeiro semestre e passou para 4% ao ano a partir de então, até o final de 2013. Para a Anfir, o PSI/Finame criou um ambiente de previsibilidade para a venda de implementos rodoviários.

As vendas de implementos do segmento de reboques e semirreboques (pesado) apresentaram crescimento de 14% em novembro ante o mesmo mês de 2012 e de 31,93% na comparação entre os acumulados de janeiro a novembro deste e do ano passado. Os emplacamentos do segmento de carrocerias sobre chassis (leve) recuaram 5% na comparação mensal e caíram 0,58% na comparação entre os acumulados em 11 meses de 2012 e 2013.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?