Publicidade

04 de Dezembro de 2013 - 10:38

Por Dayanne Sousa e Suzana Inhesta - Agencia Estado

Compartilhar
 

O diretor vice-presidente de Finanças, Administração e Relações com Investidores da BRF, Leopoldo Viriato Saboya, disse que o ano de 2013 não está sendo fácil para o consumo. "A economia varia em dar sinais de recuperação e desaceleração e ao mesmo tempo, nós, BRF, estamos fazendo mudanças nesse ambiente desafiador", declarou o executivo nesta quarta-feira, 4

Saboya destacou que o desafio da empresa é entregar rentabilidade. "Temos uma performance de geração de caixa muito forte, mas a companhia não está entregando o resultado de rentabilidade que acha que é possível e temos tido resultados que afetaram margens", afirmou Saboya. "Apesar disso, geramos caixa de forma consistente e robusta na contramão de boa parte das empresas do Brasil que vem sangrando e se alavancando", completou.

Nesta manhã, executivos da BRF ressaltaram que o foco da empresa sob a nova gestão deve ser o consumidor final. A nova diretora vice-presidente de Marketing e Inovação, Sylvia Leão, informou que o desafio para a empresa é "virar a empresa para o consumidor".

Para Sérgio Fonseca, diretor presidente Brasil da BRF, a companhia "nunca deixou de ver o consumidor e tem marcas bem avaliadas, mas não colocava os clientes no centro das decisões". "Vamos cuidar para que cada inovação seja um lançamento relevante, porque inovações têm tempo de maturação e não podemos desperdiçar deixando de cuidar de um projeto", completou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?