Publicidade

03 de Janeiro de 2014 - 13:22

Por Vinicius Neder - Agencia Estado

Compartilhar
 

A produção média de petróleo em novembro foi de 2,081 milhões de barris por dia (bbl/d), alta de 1,8% ante igual mês do ano anterior e 0,1% em relação a outubro, informou nesta sexta-feira, 3, a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Já a produção média de gás natural foi de cerca de 79,1 milhões de metros cúbicos por dia (m³/d). O volume representa avanço de 7,8% frente a novembro de 2012 e 8,5% em relação a outubro.

No total, a produção média de petróleo e gás natural no Brasil foi de aproximadamente 2,578 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d), segundo o Boletim da Produção da ANP de novembro.

A produção em poços localizados na camada pré-sal registrou alta em novembro. A nova fronteira petrolífera brasileira teve produção média de 339,4 mil bbl/d de petróleo e 11,5 milhões de m³/d de gás natural, totalizando 412,0 mil boe/d. O aumento foi de 10,8% em relação a outubro. A produção no pré-sal é oriunda de 28 poços.

Considerando todas as áreas, o campo de Marlim Sul, na Bacia de Campos, registrou a maior produção média de petróleo no mês, com 275,1 mil bbl/d. O de Manati, na Bacia de Camamu, foi maior produtor de gás natural, com uma média de 6,2 milhões de m³/d.

A plataforma P-56, localizada no campo de Marlim Sul, com oito poços a ela interligados, registrou a maior produção (em torno de 137,8 mil boe/d). Aproximadamente 92,1% da produção de petróleo e gás natural foram provenientes de campos operados pela Petrobras, segundo a ANP.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?