Publicidade

02 de Dezembro de 2013 - 11:24

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Prestes a defender o Atlético-MG no Mundial de Clubes da Fifa, Ronaldinho Gaúcho poderá se reencontrar com Pep Guardiola em uma possível final diante do Bayern de Munique, no Marrocos, no dia 21 de dezembro. O trabalho do hoje consagrado técnico espanhol foi acompanhado de perto pelo craque quando o brasileiro vivia a melhor fase de sua carreira vestindo a camisa do Barcelona e o comandante dirigia o time B do clube catalão.

Em entrevista ao site oficial da Fifa, publicada nesta segunda-feira, Ronaldinho disse que já esperava, desde aqueles tempos, pelo grande sucesso alcançado por Guardiola como técnico do time principal do Barça, antes de se transferir para o Bayern de Munique, pelo qual vem conseguindo manter a equipe alemã em grande fase no futebol europeu.

A próprio filosofia implementada pelo Barça foi citada por Ronaldinho como razão fundamental para que o treinador tivesse êxito sob o comando da equipe profissional. "O Barcelona tem, desde a base, o conceito de fazer com que todas as categorias devem jogar como o profissional. Então, acho que isso é uma grande facilidade para os atletas, mas também para os treinadores, porque o cara, quando sai da base, já chega pronto para se integrar ao time profissional, porque todas as equipes da base jogam no mesmo estilo do principal. Então, acho que todo mundo já imaginava (no Barça o sucesso de Guardiola), porque ele já vinha fazendo uma excelente campanha no Barcelona B, sob as mesmas ideias", enfatizou.

Já ao ser questionado sobre o trabalho que o técnico vem realizando no Bayern, Ronaldinho disse que já enxerga o treinador conseguindo fazer o time alemão atuar com o estilo de jogo consagrado em sua passagem pelo Barcelona. "Cara, eu não sou muito de analisar futebol, mas o pouco que vejo eu percebo que já tem um pouco o estilo dele de toque de bola, de triangulações em espaços curtos, de manter a posse de bola. Acho que isso já começa a se ver no Bayern, em quanto a equipe assimilou já aquilo de que ele gosta", disse Ronaldinho.

O craque atleticano deverá fazer a sua volta ao time no próximo final de semana, na rodada final do Brasileirão, contra o Vitória, em Belo Horizonte, depois de ter sofrido grave lesão muscular na coxa esquerda em um treino no dia 27 de setembro. Depois disso, ele espera reunir boas condições físicas para a estreia da equipe no Mundial, no dia 18 de dezembro, contra rival a ser definido.

E, ao ser questionado pela Fifa se um bom desempenho no Mundial de Clubes servirá como trampolim para o seu retorno à seleção que disputará a Copa de 2014 no Brasil, Ronaldinho respondeu: "Olha, tudo pode acontecer. O negócio é me manter no mesmo nível em que eu estava antes da lesão, então, agora o objetivo é estar bem, para conseguir me manter no alto nível em que eu vinha jogando até agora".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?