Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 16:02

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

O goleiro Bruno tem contrato com o Palmeiras até o fim de dezembro e pode estar próximo de encerrar uma longa trajetória com a camisa do clube. O jogador de 29 anos, que defende o time desde os 17, perdeu espaço na equipe principalmente após a contratação de Fernando Prass e já lamenta a sua possível saída do Palestra Itália.

"Vai ser muito triste se eu tiver que sair. Passei mais da metade da minha vida no clube, já vivi de tudo aqui e conheço o Palmeiras como a palma da minha mão. Não quero sair, mas, se isso acontecer, vou continuar torcendo pelo clube, onde quer que eu esteja", afirmou o goleiro, que no último sábado viu o jovem Fábio, de 23 anos, ser escalado pelo técnico Gilson Kleina na derrota por 1 a 0 para a Chapecoense, em Chapecó, pela última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Bruno foi titular da equipe palmeirense em 2012, ano em que chegou a ser eleito o melhor goleiro da Copa do Brasil, mas na mesma temporada ficou marcado pela incrível falha que cometeu no jogo contra o Tijuana, no Pacaembu, no confronto de volta das oitavas de final da Libertadores. Na ocasião, deixou um chute muito fraco passar por baixo de suas mãos no confronto que terminou em 2 a 1 para a equipe mexicana e selou a eliminação dos palmeirenses do torneio continental.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?