Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 09:50

Por José Roberto Castro e Thiago Moreno - Agencia Estado

Compartilhar
 

A Defesa Civil confirmou na manhã desta segunda-feira, 09, que ao menos 11 pessoas morreram na cidade de Lajedinho, no interior da Bahia, onde um temporal destruiu casas e arrastou carros. A tempestade, que ocorreu na noite do sábado, 07, destruiu cerca de 70 casas e deixou mais de 200 desabrigados.

Seis pessoas continuam desaparecidas, principalmente na região central da cidade, que tem quatro mil habitantes. Os desabrigados foram levados para abrigos públicos, escolas e casas de parentes.

O prefeito de Lajedinho, Antonio Mário Lima Silva, decretou estado de emergência. "Os estragos foram muito grandes, cerca de 70% da cidade está destruída", contou. "A prioridade hoje foi buscar os desaparecidos e dar apoio aos desabrigados, que foram levados para a escola", disse o prefeito, que também teve a casa invadida pela água.

"A chuva foi muito forte em uma cidade que inclusive vinha enfrentando uma estiagem. Como não foi tão tarde, algumas pessoas tiveram tempo de sair de casa. De madrugada poderia ter sido pior", contou o superintendente da Defesa Civil, Salvador Brito. "Os corpos que estavam sob os escombros já foram encontrados, mas há a possibilidade de a enxurrada ter arrastado mais vítimas", completou.

O deputado federal José Carlos Araújo (PSD-BA), que está na cidade, contou que carros estacionados nas ruas foram arrastados por mais de 500 metros e se disse impressionado com os estragos causados pelo temporal. "A cidade acabou. Em um município que sofria com uma estiagem de dois anos, choveu 130 milímetros em uma hora e meia."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?