Publicidade

13 de Janeiro de 2014 - 10:22

Por AE-AP - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Milan anunciou oficialmente nesta segunda-feira a demissão do Massimiliano Allegri, que acabou não resistindo no cargo após a surpreendente derrota por 4 a 3 para o Sassuolo, no último domingo, fora de casa, pelo Campeonato Italiano. O time de Milão chegou a abrir 2 a 0 no confronto, mas levou quatro gols seguidos, todos marcados pelo garoto Domenico Berardi, de 19 anos, antes de descontar o placar.

Com a derrota sofrida diante do modesto rival conquistou uma vaga na elite italiana na temporada passada, o Milan figura na 11ª posição do Italiano e espera iniciar uma nova fase, agora sob o comando do ex-assistente Mauro Tassotti, que foi promovido de forma interina ao cargo de técnico, anunciou nesta segunda o clube por meio de um comunicado.

O Milan ganhou apenas cinco de 19 partidas nesta temporada do futebol europeu e Allegri já vinha tendo a sua possível demissão dada como certa nos últimos tempos. E a derrota para o Sassuolo tornou a saída do treinador inevitável.

"O Milan comunica que demitiu o treinador de sua equipe profissional, Massimiliano Allegri, e sua comissão, com efeito imediato. O Milan gostaria de agradecer ao senhor Allegri e sua equipe pelo trabalho realizado e desejar o maior sucesso profissional. O time será provisoriamente treinado pelo senhor Mauro Tassotti", informou o comunicado desta segunda-feira.

Allegri havia assumido o comando do Milan em 2010 e ganhou o título italiano na sua primeira temporada, antes de terminar a competição nacional com um vice-campeonato e um terceiro lugar nas temporadas seguintes. Apesar do bom desempenho, ele nunca foi o treinador favorito de Silvio Berlusconi, proprietário do clube.

Com 53 anos de idade, Tassotti é um assistente de longa data no Milan e passou 17 anos de sua carreira atuando pelo clube como jogador. Porém, ainda é incerto o seu tempo de permanência no comando do time, que no momento tem o meia Clarence Seedorf, do Botafogo, e o técnico da seleção italiana, Cesar Prandelli, entre os cotados para assumir a função que era exercida por Allegri.

Aos 37 anos de idade, Seedorf está programado para seguir atuando normalmente pelo Botafogo, mas já indicou que gostaria de treinar o Milan após o final da sua carreira. Já Prandelli tem o seu contrato com a seleção italiana a expirar depois da Copa do Mundo de 2014, que será encerrada em julho. O contrato de Allegri com o Milan iria até o final desta temporada do futebol europeu.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?