Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 13:43

Por Sanches Filho - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Santos não conquistou nenhum título em 2013 e há algumas rodadas já não tem maiores objetivos a buscar nesta reta final do Campeonato Brasileiro. O discurso no clube, porém, é o de que ao menos o time foi o melhor dos paulistas na competição e terminará a temporada longe do grupo das equipes que ainda lutam para se livrar do rebaixamento.

Nesta quinta-feira, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, o goleiro Aranha destacou que não faltou empenho ao time santista ao longo deste Brasileirão, razão pela qual o atleta acredita que tenha sido fundamental para a equipe chegar à rodada final do torneio em oitavo lugar.

"Nossa equipe esteve lutando bastante, se entregando bastante, muitas vezes no campeonato quase todo não teve futebol brilhante, mas o torcedor n]ao cobrou raça, determinação e vontade. Isso nunca faltou. Por isso terminamos campeonato em situação confortável. A gente não passou sufoco", ressaltou Aranha, que no próximo domingo enfrentará o Goiás, às 17 horas, no Serra Dourada, em Goiânia, no último jogo do Santos nesta temporada.

Ao fazer um balanço do ano do Santos, o jogador lembrou que a equipe passou por momentos atribulados, que resultaram na demissão de Muricy Ramalho, assim como acabou perdendo Neymar, principal jogador brasileiro da atualidade e um dos melhores do mundo hoje.

"Com tudo que aconteceu neste ano, todas as mudanças, acho que pra gente (a situação atual) é uma vitória. Não serve de consolo, mas lutamos muito pra não passar dificuldade. Batalhamos muito para, ao menos, deixar o Santos na primeira divisão. E fizemos isso com esforço e trabalho", disse Aranha, que pouco depois enfatizou: "O Santos passou anos no topo, sendo o principal do País, depois outros assumiram, mas espero que a gente possa voltar (ao topo) novamente".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?