Publicidade

21 de Dezembro de 2013 - 17:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Um série de atentados no Iraque deixaram 17 pessoas mortas neste sábado, incluindo um alto comandante militar, um coronel e cinco soldados, que morreram durante um ataque a um esconderijo da Al-Qaeda, disseram autoridades.

Oficiais da polícia disseram que o general Gen Mohammed al-Karawi, major do Exército, o coronel e os cinco soldados morreram quando invadiram um esconderijo que continha armadilhas em Rutba, na província de Anbar,.

Al-Karawi, que comandava a Sétima Divisão do Exército iraquiano, estava conduzindo uma operação de busca por combatentes da Al-Qaeda na região. Quatro soldados foram feridos na operação, segundo a polícia.

No oeste do país um atirador em um carro em movimento abriu fogo contra um posto de checagem da polícia na cidade de Fallujah no início deste sábado, matando quatro oficiais.

No Norte, perto da cidade de Kirkuk, um oficial do Exército e um solado foram mortos quando dois morteiros atingiram um acampamento militar, disseram autoridades.

Um pouco antes do pôr do sol, um atirador invadiu uma loja de comida no Oeste de Bagdá e matou duas pessoas, além de ferir outras três, segundo a polícia.

Na cidade de Latifiyah, a 30 quilômetros ao sul de Bagdá, um morteiro atingiu um grupo de peregrinos xiitas que se dirigiam para locais sagrados na cidade Karbala, matando duas pessoas e ferindo sete, segundo autoridades.

Ninguém assumiu a responsabilidade por qualquer um dos ataques deste sábado. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?