Publicidade

13 de Dezembro de 2013 - 23:00

Por Marcio Dolzan e Sílvio Barsetti - Agencia Estado

Compartilhar
 

Punidos nesta sexta-feira em julgamento na 4ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Atlético-PR e Vasco já avisaram que vão recorrer, na tentativa de reverter a pena. Ambos foram condenados por causa da violenta briga entre seus torcedores no jogo de domingo, em Joinville (SC), pela última rodada do Brasileirão.

O Atlético-PR foi punido com a perda de 12 mandos de campo, sendo seis delas com portões fechados, e ainda com multa de R$ 140 mil. Já o Vasco perdeu oito mandos de campo - quatro com portões fechados - e recebeu multa de R$ 80 mil. Essas penas não se aplicam aos campeonatos estaduais ou à Libertadores. São válidas apenas para competições organizadas pela CBF.

Na prática, no entanto, os jogos com portões fechados devem ser disputados na casa dos clubes punidos. Isso significa dizer que a perda de mando de campo de cada um deles, na verdade, cai pela metade. Já as demais partidas, com acesso do público, vão ter de ser realizadas a pelo menos 100 quilômetros de distância ou de Curitiba ou do Rio.

Assim como os clubes, a procuradoria do STJD também promete recorrer, porque considerou as punições brandas para Atlético-PR e Vasco. O Pleno do tribunal deve julgar o caso, em segunda instância, até o dia 27 de dezembro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?