Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 19:57

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Duas semanas depois de ter suas obras liberadas pela Justiça do Trabalho, a Arena Amazônia chegou a 94,1% de execução, segundo balanço divulgado nesta segunda-feira pela Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa) em Manaus. O estádio, que vai receber quatro jogos da Copa do Mundo de 2014, deveria ser entregue à Fifa no fim de deste ano, mas está com o cronograma atrasado.

"Ainda não temos uma data exata para a inauguração. Ainda estamos analisando o cronograma previsto e o impacto da paralisação na construção da cobertura e fachada. Isto é preponderante para que saibamos o dia que podemos inaugurar a Arena", afirmou Miguel Capobiango Neto, coordenador da UGP Copa.

De acordo com ele, a finalização da cobertura é a principal frente de trabalho atualmente em execução pela Andrade Gutierrez, construtora responsável pela obra. Além do trabalho em altura, os acabamentos de piso e paredes, instalações de sistemas hidráulicos e elétricos, vidros e acabamentos externos também estão em execução.

O estádio em Manaus ficou parcialmente interditado entre 13 e 17 de dezembro, por conta da aconteceu a morte do operário Marcleudo de Melo Ferreira, de 22 anos, que caiu enquanto trabalhava na montagem da cobertura.

A Arena Amazônia é um dos seis estádios que ainda faltam ser entregues para a realização da Copa de 2014, junto com as sedes de São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Natal e Cuiabá. A cidade de Manaus receberá apenas quatro jogos do Mundial, todos válidos pela primeira fase da competição: Inglaterra x Itália, Camarões x Croácia, Estados Unidos x Portugal e Honduras x Suíça.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?