Publicidade

16 de Janeiro de 2014 - 18:21

Por Thaise Constancio e Marcelo Gomes - Agencia Estado

Compartilhar
 

Cinco pessoas foram assassinadas na Baixada Fluminense entre a noite de quarta-feira, 15, e a madrugada desta quinta-feira, 16. Os crimes foram praticados nos municípios de São João de Meriti, Nilópolis e Magé. Desde a última sexta-feira, 10, pelo menos 16 pessoas foram mortas em cinco cidades da região.

Em Nilópolis, os corpos de Eric Nascimento, de 22 anos, e Gabriel Souza, de 19, foram encontrados com marcas de tiros no bairro Cabral. No bairro Olinda, a polícia também investiga a morte de um homem ainda não identificado, encontrado com sinais de enforcamento.

Na noite de terça-feira, 14, uma menina de 12 anos e dois homens foram mortos em Belford Roxo por homens encapuzados que desceram de um Doblô preto e atiraram contra Jonathan de Souza Paschoal, de 23 anos, e Willian Gama de Oliveira, de 24. A estudante Thaysa da Silva Chagas, 12, foi atingida por uma bala perdida e morreu.

Apesar da quantidade de mortes em apenas uma semana, estatísticas do Instituto de Segurança Pública (ISP) mostram que o número de homicídios dolosos (quando há intenção de matar) na Baixada está estabilizado nos últimos cinco anos. Até setembro de 2013 (último dado disponível), foram registrados 1,29 mil homicídios na Baixada, mesma quantidade de 2008. Naquele ano, foram 1,78 mil casos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?