Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 16:55

Por Eduardo Rodrigues - Agencia Estado

Compartilhar
 

A média diária de exportações na primeira semana de dezembro foi 15,2% inferior à média registrada ao longo do último mês do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 09, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Entre os dias 1 e 8 deste mês, os embarques diários somaram US$ 837,6 milhões, aquém do desempenho de US$ 987,4 milhões ao dia apurado em dezembro de 2012. Em relação a novembro deste ano, a retração foi de 19,7%. Isso não significa, no entanto, que a diferença seja mantida no decorrer de todo o mês, já que os dados são voláteis.

Segundo o MDIC, a queda nas vendas de produtos básicos foi de 23,4% na comparação com dezembro do ano passado (de US$ 464 milhões para US$ 355,5 milhões), principalmente por cauda de petróleo bruto, algodão em bruto, café em grão, carne de frango, milho em grão e minério de ferro. Na comparação com a média diária de novembro deste ano, a queda na categoria foi de 22,1%.

Em manufaturados, a retração ante dezembro de 2012 foi de 11,2% (de US$ 367,1 milhões para US$ 326 milhões), em razão de aviões, bombas e compressores, óleos combustíveis, autopeças, açúcar refinado, veículos de carga e chassis com motor. Em relação a novembro, a média de embarques de industrializados caiu 25,7%.

Por outro lado, a primeira semana de dezembro registrou aumento de 2,9% nas exportações de bens intermediários em relação ao mesmo mês do ano passado (de US$ 137 milhões para US$ 140,9 milhões). De acordo com o ministério, o movimento foi devido à expansão nas vendas de óleo de soja em bruto, alumínio em bruto, ferro-ligas, couros e peles, semimanufaturados de ferro e aço, além de celulose. Na comparação com novembro, as vendas de semimanufaturados também cresceram, com avanço de 13,5%.

Nas importações, a média diária da primeira semana de dezembro (US$ 892,6 milhões) foi 2% maior que a média registrada em dezembro de 2012 (US$ 875,3 milhões), mas 6,6% inferior à apurada em novembro deste ano (US$ 956,1 milhões).

No comparativo com dezembro de 2012, aumentaram os gastos com aeronaves e peças (+102,9%), farmacêuticos (+39,8%), siderúrgicos (+35,2%), aparelhos eletroeletrônicos (+28,9%), plásticos e obras (+20,7%) e equipamentos mecânicos (+7,7%). Em relação a novembro de 2013, houve queda em combustíveis e lubrificantes (-39,4%), químicos orgânicos/inorgânicos (-16,5%), aparelhos eletroeletrônicos (-10,0%), plásticos e obras (-4,8%) e instrumentos de ótica e precisão (-4,1%).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?