Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 12:34

Por Mateus Fagundes - Agencia Estado

Compartilhar
 

Os funcionários do Banco Santander fazem nesta quinta-feira, 19, uma paralisação nas agências contra as demissões que a instituição financeira realizou durante o ano de 2013, de acordo com a Confederação Nacional de Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). Não há informações, entretanto, sobre quantas agências estão paralisadas no País.

A cidade de São Paulo não registra nenhuma agência paralisada. Segundo a secretária de finanças do sindicato dos bancários de São Paulo, Rita Berlofa, a paralisação na Capital ocorreu na terça-feira e hoje é feita apenas a distribuição de panfletos em centros administrativos. Segundo o Contraf-CUT, a mobilização é maior em agências "estratégicas" do Santander, a maior parte delas em capitais, mas não diz quais.

Em nota, a Contraf afirma que de janeiro a setembro de 2013, o banco fechou 3.414 postos de trabalho. "O Santander é hoje o banco que mais está demitindo no Brasil e, com essa mobilização, esperamos que o banco abra negociações com o movimento sindical para discutir uma política de emprego, porque esse modelo de gestão prejudica as condições de trabalho e piora o atendimento aos clientes", disse o porta-voz do sindicato, Ademir Wiederkehr. O Santander diz que a mobilização no País é pequena, embora não tenha informado detalhes, e assegura que as negociações com os sindicatos são constantes.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?