Publicidade

06 de Janeiro de 2014 - 18:43

Por Aline Bronzati - Agencia Estado

Compartilhar
 

O lucro líquido de 131 bancos com atuação no sistema financeiro nacional alcançou R$ 14 bilhões no terceiro trimestre do ano passado, montante 13,5% superior ao registrado em igual intervalo de 2012. Na comparação com os três meses imediatamente anteriores, porém, foi vista queda de 24,4%. A queda tem reflexo do resultado superior a R$ 10 bilhões do Banco do Brasil, de abril a junho, devido à alienação na BB Seguridade, holding que controla os negócios de seguros da instituição, ante lucro de R$ 2,74 bilhões registrado de julho a setembro.

Em 12 meses, de acordo com os dados da Febraban, o sistema bancário registrou lucro de R$ 61,3 bilhões no terceiro trimestre de 2013. Trata-se da maior cifra já registrada na série da instituição, também influenciada pelo impacto positivo no lucro do BB. O retorno sobre o patrimônio líquido do setor ficou em 14,3% no período, o maior desde o primeiro trimestre de 201. Já o Retorno sobre os ativos (ROA) foi de 1,16%, praticamente estável na comparação trimestral.

Os ativos dos bancos brasileiros totalizaram R$ 5,6 trilhões no terceiro trimestre de 2013, montante 2,3% superior ante os três meses anteriores e 12,8% maior na comparação anual, segundo a Febraban. As operações de crédito avançaram 18%, respondendo por cerca de 38% dos ativos do sistema.

Do total de ativos do sistema, os cinco maiores bancos brasileiros concentravam 76,9%, conforme a Federação. Já os nove maiores apresentavam ativos superiores a R$ 100 bilhões, fatia de 86,3% do total. Com ativos entre R$ 10 bilhões e R$ 100 bilhões, o sistema bancário somava 28 instituições, representativas de 10,8% do total dos ativos. As 94 instituições restantes, com ativos inferiores a R$ 10 bilhões, concentravam somente 3% dos ativos do mercado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho Vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?