Publicidade

18 de Dezembro de 2013 - 08:24

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Banco da Reserva da Índia (RBI, na sigla em inglês) surpreendeu e manteve a principal taxa de juros em 7,75% ao ano, mas prometeu agir nos próximos meses se a alta dos preços não ceder.

Uma pesquisa conduzida pela Dow Jones Newswires com 15 economistas mostrou que 14 deles esperavam uma alta da taxa básica para 8,00% ao ano, de modo a conter as pressões inflacionárias. A taxa do Marginal Standing Facility (MSF, na sigla em inglês) também foi mantida, em 8,75% ao ano.

O RBI informou que a inflação tem acelerado principalmente por conta da alta nos preços dos alimentos e que a expectativa é que os preços percam força nessa categoria nos próximos meses.

"Se a esperada desaceleração da inflação dos alimentos não se materializar e se traduzir em uma significativa redução na próxima rodada de divulgação de dados, ou se a inflação excluindo alimentos e combustíveis não recuar, o Banco da Reserva irá agir, incluindo em datas fora do calendário de reuniões, se isso se justificar, para que as expectativas inflacionárias se estabilizem e se estabeleça um ambiente que contribua para o crescimento sustentável", disse a autoridade monetária, em comunicado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?