Publicidade

13 de Dezembro de 2013 - 12:23

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Banco da Rússia manteve hoje suas principais taxas de juros inalteradas pela 15ª reunião consecutiva, como esperado pelo mercado, e o comunicado divulgado pela instituição sugeriu que não haverá relaxamento monetário por pelo menos mais alguns meses.

O principal compromisso do BC russo é controlar a inflação e diminuir as expectativas inflacionárias e a instituição tem dito repetidamente que um corte de juros só seria possível se esses dois objetivos forem alcançados.

No comunicado que acompanhou a decisão, o banco central disse esperar que a inflação desacelere no primeiro semestre de 2014 e atinja a meta no segundo semestre. A inflação acelerou fortemente em novembro para 6,5%, de 6,3% no ano anterior, tornando impossível o alcance da meta de entre 5% e 6% para todo o ano de 2013. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?