Publicidade

09 de Janeiro de 2014 - 08:43

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O brasileiro Thomaz Bellucci esteve muito próximo de ser eliminado na segunda rodada do qualifying do Aberto da Austrália, mas deu a volta por cima e ficou a uma vitória da classificação para o primeiro Grand Slam da temporada. Nesta quinta-feira, o número 125 do mundo derrotou o austríaco Martin Fischer, 194º colocado no ranking da ATP, por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 10/8, em 2 horas e 20 minutos.

Bellucci não se saiu bem no primeiro set, quando cometeu 16 erros não-forçados. O brasileiro também não conseguiu converter o único break point que teve na parcial e viu Fischer aproveitar uma das cinco chances que teve para quebrar o seu saque. Assim, o austríaco largou na frente ao vencer por 6/4.

No segundo set, Fischer ficou perto da vitória ao conseguir uma quebra de serviço e abrir 3/2. Bellucci, então, reagiu. O brasileiro aproveitou os dois break points que teve na parcial e, vencendo quatro games seguidos, fechou o set em 6/3.

E Bellucci manteve o embalo no começo da terceira parcial, abrindo 2/0 com uma quebra de saque. Fischer, porém, a devolveu no oitavo game e chegou a ter três match points no 12º. O brasileiro se safou e conseguiu uma decisiva quebra de serviço no 17º game. Em seguida, confirmou o seu saque e fechou a parcial em 10/8 e o jogo em 2 sets a 1.

Bellucci terminou o duelo com 13 aces, seis duplas faltas, venceu 72% dos pontos disputados no seu primeiro serviço, teve 43 winners e cometeu 49 erros não-forçados diante de Fischer.

Agora, Bellucci vai disputar uma vaga na chave principal do Aberto da Austrália com o japonês Taro Daniel, número 240 do mundo, que passou pelo chileno Paul Capdeville (6/0 e 6/4) nesta quinta.

Neta sexta-feira, o Brasil volta às quadras em Melbourne com André Ghem, número 226 do mundo, que vai enfrentar o lituano Ricardas Barankis, 130º colocado no ranking, pela segunda rodada do qualifying. Ele ainda precisa de duas vitórias para assegurar presença na chave principal.

Se Bellucci e Ghem ainda tentam se classificar para o Aberto da Austrália, o tênis brasileiro já tem Teliana Pereira garantida na chave feminina do primeiro Grand Slam da temporada.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?