Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 04:24

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O vice-presidente dos EUA, Joe Biden, pediu que China e Japão estabeleçam pela primeira vez medidas básicas de gerenciamento de crise e que trabalhem para melhorar a confiança.

Biden afirmou em resposta escrita a questionamentos do jornal local Asahi Shimbun que está "profundamente preocupado" pela recente decisão de Pequim em estabelecer uma nova Zona de Identificação e Defesa Aérea sobre o Mar do Leste da China.

Essa nova área sobrepõe parte da zona de defesa aérea do Japão e envolve um grupo de ilhas que são contestadas pelos dois países, o que levou Japão e EUA a emitirem fortes protestos contra a decisão chinesa.

Biden deve se encontrar com os líderes japoneses, incluindo o primeiro-ministro Shinzo Abe, ainda nesta terça-feira, antes de viajar para a China e para a Coreia do Sul.Autoridades norte-americanas e japonesas estão preocupadas com a possibilidade de conflitos não intencionais e colisões entre aviões na área em disputa.

"Acredito que esse último incidente reforça a necessidade para um acordo entre China e Japão para estabelecer um gerenciamento de crise e medidas para melhorar a confiança para reduzir as tensões", escreveu Biden. O vice-presidente dos EUA acrescentou na declaração ao jornal japonês que irá discutir o assunto com os líderes dos dois países durante a viagem à Ásia. Fonte: Dow Jones Newswires.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?