Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 18:34

Por Luciana Nunes Leal - Agencia Estado

Compartilhar
 

Organizador de um seminário sobre América Latina que reúne gestores públicos, empresários e organizações não governamentais (ONGs), o ex-presidente do Estados Unidos Bill Clinton elogiou a reação da presidente Dilma Rousseff aos protestos que tomaram conta do País em junho. Clinton disse que Dilma optou por dar ouvidos às reivindicações e fez uma comparação com a reação violenta aos protestos na Síria.

"Na Síria, essa guerra civil horrível começou com pessoas se manifestando nas ruas, pedindo mais liberdade, maior oportunidade econômica. O governo reagiu atirando nas pessoas, prendendo. No Brasil, a resposta da presidente foi dizer: `Sim, vocês levantaram questões importantes aqui, ainda há muita desigualdade, precisamos justificar os investimentos, precisamos combater a corrupção'. A resposta foi: 'Vamos combater isso juntos'. Há uma diferença dramática da qual cada cidadão neste País deve se orgulhar", disse. "Em vez de confronto, a cooperação é mais importante para resolver nossos problemas", concluiu.

Ela participou da sessão plenária de abertura do seminário e depois se reuniu com o ex-presidente dos EUA por 30 minutos. Desde as 8 horas, um pequeno grupo de manifestantes se concentrou em frente ao Hotel Copacabana Palace, na orla, para protestar contra a presença de Clinton, a realização da Copa do Mundo no Brasil e a prisão dos condenados do mensalão. Alguns cobriam os rostos e faziam barulho com apitos e batendo em latas vazias.

"O Brasil tem certas necessidades de infraestrutura que não foram atendidas ainda e se beneficiaria com um acordo entre governos para facilitar investimentos do setor privado", sugeriu. O ex-presidente também chamou atenção para a alta incidência de obesidade na população. "Um em cada cinco brasileiros é obeso. Isso custa bilhões de dólares à sociedade. É crucial encorajar as pessoas a serem ativas", afirmou.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?