Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 13:22

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Depois de ficado satisfeito com o teste que vem sendo realizado na disputa do Mundial de Clubes no Marrocos, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, confirmou nesta quinta-feira que o spray para o árbitro delimitar a distância da barreira será utilizado na Copa de 2014, no Brasil. O artefato já é utilizado há bastante tempo no futebol brasileiro, mas a entidade ainda tinha dúvidas para adotá-lo em suas competições. Agora, diante da aprovação geral, a implantação está assegurada.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira em Marrakesh, para fazer um balanço da disputa do Mundial de Clubes, Blatter admitiu que ele próprio estava inicialmente "cético" com o uso do spray. Mas disse que mudou de ideia após conversar com os árbitros que já o utilizaram. "Todos estão muito felizes com isso", atestou o presidente da Fifa. "Os times, os jogadores, os árbitros e as delegações (que estão na competição no Marrocos) ficaram todos contentes com essa solução", completou.

Blatter chegou a citar um exemplo da aprovação ao spray. "Jogadores do Bayern de Munique disseram que aqui eles puderam cobrar faltas com a barreira a nove metros de distância (medida regulamentar), enquanto que na Alemanha é apenas cinco", contou o dirigente. Assim, depois dos testes que aconteceram neste ano - também no Mundial Sub-20, em julho, na Turquia, e no Mundial Sub-17, em outubro, nos Emirados Árabes Unidos -, o uso será adotado em todas as competições da Fifa.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?