Publicidade

05 de Janeiro de 2014 - 10:36

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, lamentou na manhã deste domingo, pelo Twitter, a morte do ex-jogador português Eusébio, que faleceu aos 71 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória. O dirigente foi uma das diversas autoridades a vir a público comentar a partida daquele que muitos consideram o maior nome do futebol de Portugal em todos os tempos.

"O futebol perdeu uma lenda. Mas o lugar de Eusébio entre os maiores nunca lhe será tirado. Eusébio foi um embaixador do futebol. Sua falta será subitamente sentida. Descanse em paz, Pantera Negra", postou Blatter em sua conta oficial no Twitter.

A Federação Portuguesa de Futebol, por sua vez, declarou luto pela morte do ex-jogador. "À família enlutada e ao Benfica quer a FPF, nesta hora difícil, expressar sentidos pêsames", escreveu a entidade, lembrando que Eusébio fez 41 gols pela seleção de Portugal.

"Foi com profundo pesar e um agudo sentimento de perda que recebi a notícia da morte de Eusébio da Silva Ferreira. Eusébio levou a bandeira de Portugal e o nosso orgulho aos quatro cantos do mundo", afirmou, em comunicado, o primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho.

Ídolo do futebol alemão, Franz Beckenbauer lamentou a morte de seu colega português. "Um dos maiores jogadores de futebol de todos os tempos morreu. Meu amigo Eusébio faleceu na última noite. Meus sentimentos estão com sua família", postou o ex-jogador, no Twitter.

Já o Real Madrid escreveu que "lamenta o falecimento de Eusébio, um dos maiores jogadores de todos os tempos. O clube deseja prestar condolências à sua família e amigos, ao Benfica e ao futebol português em geral".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?