Publicidade

12 de Dezembro de 2013 - 11:28

Por Carla Araújo - Agencia Estado

Compartilhar
 

O indicador de recuperação de crédito, apurado pela Boa Vista Serviços, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), subiu 1,7% no mês de novembro de 2013 em relação a outubro, descontados os efeitos sazonais. O indicador é obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplente, ou seja, do registro do pagamento de dívidas. No acumulado no ano até novembro, em relação ao mesmo período de 2012, a recuperação de crédito subiu 3,6%.

A expectativa, segundo a Boa Vista Serviços, é de que o indicador mantenha a elevação até o final de 2013, porém a um ritmo menor do que o observado no primeiro semestre do ano. "Confirmam essas expectativas a desaceleração no mercado de trabalho e a redução dos impactos das melhores condições de crédito na economia brasileira, recentemente", diz a Boa Vista, em nota.

Os indicadores de todas as regiões do País subiram na passagem de outubro para novembro, com destaque para as variações de Centro-Oeste, Sul e Nordeste, com respectivamente 5,4%, 2,6% e 2,4%, - expurgados os efeitos sazonais. No Sudeste, a alta do indicador foi de 0,6%, enquanto na região Norte, houve crescimento de 1,6%, ambos na mesma base de comparação.

De acordo com a Boa Vista, o indicador que considera a recuperação de crédito no setor varejista divergiu do indicador geral, apresentando, em novembro, uma queda de 3,2% em relação a outubro, descontados os efeitos sazonais. Entre as regiões, destacaram-se as variações do Sudeste (-3,9%), Nordeste (-2,8%) e Centro-Oeste (-2,6%).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?