Publicidade

10 de Março de 2014 - 21:48

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O governo da Bolívia declarou estado de emergência nacional para atender aos afetados pelas chuvas que, desde dezembro, já provocaram a morte de 30 pessoas e deixaram 21 mil famílias desabrigadas. As regiões bolivianas mais afetadas pelas chuvas são Cochabamba, La Paz, Santa Cruz e Beni.

Hoje, o governador da região amazônica de Beni, Carmelo Lenz, disse à rádio Erbol que as chuvas do fim de semana deixaram nove mortos e um desaparecido no Estado. Os mortos são quatro soldados e cinco membros de uma mesma família.

O estado de emergência foi decretado pelo vice-presidente Álvaro García Linera. Com isso, o governo agiliza os mecanismos de socorro a pelo menos 21 famílias desabrigadas pelos desastres naturais das últimas semanas. Fonte: Associated Press.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?