Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 18:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Botafogo nem esperou a final da Copa Sul-Americana, que vai decidir se o clube estará ou não na fase preliminar da Copa Libertadores do ano que vem, para anunciar que Oswaldo de Oliveira não fica no ano que vem. Com isso, o treinador tem tudo para acertar com o Santos para 2014.

Oswaldo ficou dois anos em General Severiano. Ele foi anunciado pelo clube logo após a última rodada do Campeonato Brasileiro de 2011 e assumiu a equipe para a temporada 2012. No primeiro semestre daquele ano, fazia campanha invicta até perder a primeira partida da decisão do Estadual para o Fluminense. No meio de semana seguinte caiu diante do Treze-PB, na Copa do Brasil, e logo em seguida viu o rival tricolor ganhar o Carioca.

Para o segundo semestre, a diretoria contratou o holandês Seedorf e confiou que o Botafogo podia ser campeão. O time até brigou pela classificação à Libertadores, mas caiu de rendimento. Na Sul-Americana, parou diante do Barueri.

Apesar da falta de títulos, Oswaldo foi mantido no cargo. Com ele como treinador, a equipe conquistou com sobras o título carioca, vencendo os dois turnos. O time ainda liderou o Brasileirão por algumas rodadas antes de cair de produção. Na Copa do Brasil, foi eliminado pelo arquirrival Flamengo.

Quarto colocado do Brasileirão, o Botafogo vai à fase preliminar da Libertadores se a Ponte Preta não ganhar a Sul-Americana. A final do torneio acontece quarta-feira, na Argentina.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?