Publicidade

11 de Março de 2014 - 00:42

Por Ronald Lincoln Jr - Agencia Estado

Compartilhar
 

Apoiado por mais de 50 mil torcedores no Maracanã, o Botafogo goleou o Deportivo Quito por 4 a 0, na noite desta quarta-feira, e garantiu sua presença na Libertadores. Com a vitória, conseguida com três gols do atacante Wallyson, o time carioca passou pela fase preliminar da competição e caiu no Grupo 2, junto com Unión Española (Chile), San Lorenzo (Argentina) e Independente del Valle (Equador).

Precisando vencer a todo custo, depois da derrota por 1 a 0 no jogo de ida em Quito, Botafogo começou atacando no Maracanã. Logo aos 2 minutos, a bola foi alçada na área do time equatoriano e Lodeiro cabeceou na rede pelo lado de fora. A jogada foi o combustível necessário para incendiar a torcida botafoguense, que compareceu em massa ao estádio.

Momentos depois, o Botafogo fez mais duas jogadas muito perigosas. Aos 14 minutos, em uma disputa na área adversária, Lodeiro recuperou a bola e ajeitou para o chute de Wallyson. Ele quase marcou, mas a bola bateu novamente do lado de fora da rede. Em seguida, Wallyson bateu o escanteio aos 17 e Ferreyra cabeceou a bola na trave.

Superior em campo, o Botafogo dominava o adversário, que parecia estar perdido em campo. Assim, o gol finalmente saiu aos 36 minutos, depois de várias tentativas. No lance, Edilson levantou a bola na área, Jorge Wagner passou de cabeça para Wallyson, que chutou de primeira para abrir o placar.

O segundo tempo começou muito brigado, com faltas duras pelos dois lados. Somente aos 17 minutos o Botafogo voltou a atacar com Wallyson, que arriscou de fora da área e levou perigo. Enquanto isso, o time equatoriano não ameaçava o goleiro Jefferson.

A noite era mesmo de Wallyson. Em um contra-ataque rápido aos 21 minutos, Elias, que tinha acabado de entrar, escorou de cabeça para Wallyson, que, então, carregou a bola em velocidade, driblou o zagueiro e tocou na saída do goleiro para marcar o gol.

Com 2 a 0, o Botafogo já garantia a vaga na fase de grupos, mas o time não se acomodou. Aos 30 minutos, por exemplo, Julio Cesar foi à linha de fundo e deu um passe açucarado para Lodeiro, que, sozinho na marca do pênalti, conseguiu chutar para fora.

Mas o terceiro gol não tardou. E veio novamente da dobradinha que participou do gol anterior. Aos 34 minutos, Elias recebeu a bola na intermediaria e enfiou entre os zagueiros para Wallyson, que invadiu a área e chutou entre as pernas do goleiro, fazendo 3 a 0.

No final, o Botafogo ainda chegou à goleada, para a festa da torcida no Maracanã. Após um bate e rebate na área, já aos 45 minutos, Henrique cabeceou e, no rebote do goleiro Ramirez, ele mesmo concluiu para definir o placar de 4 a 0.

FICHA TÉCNICA:

BOTAFOGO 4 X 0 DEPORTIVO QUITO

BOTAFOGO - Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Wallyson (Henrique), Lodeiro e Jorge Wagner (Rodrigo Souto); Ferreyra (Elias). Técnico - Eduardo Hungaro.

DEPORTIVO QUITO - Ramirez; Chinga, Bonjour, Romero e Vayas; Vega, Andrade, Olivo (Bravo) e Faraud (Santiago Morales); Calderón e Estupiñan (Christian Lara). Técnico: Carlos Garay.

GOLS - Wallyson, aos 36 minutos do primeiro tempo; Wallyson, aos 21 e aos 34, e Henrique, aos 45 minutos do segundo tempo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a realização de blitze seria a solução para fazer cumprir a lei que proíbe jogar lixo nas ruas?