Publicidade

10 de Março de 2014 - 21:49

Por Eduardo Cucolo - Agencia Estado

Compartilhar
 

O Brasil deve cair novamente no ranking mundial de destino de investimentos estrangeiros em 2014, segundo estimativa da Sociedade Brasileira de Estudos de Empresas Transnacionais e da Globalização (Sobeet). Relatório divulgado nesta terça-feira, 28, pela Organização das Nações Unidas (ONU) em Genebra, na Suíça, mostrou que o País passou de 5º maior receptor desses recursos, em 2012, para o 7º lugar, em 2013. Rússia e Canadá ultrapassaram o Brasil.

Os investimentos estrangeiros diretos (IED) no País caíram para US$ 64,0 bilhões no ano passado, ante US$ 65,3 bilhões no ano anterior. Para 2014, o BC prevê uma entrada de US$ 63 bilhões. A Sobeet trabalha com um saldo de US$ 55 bilhões.

Para o presidente da entidade, Luis Afonso Lima, o encolhimento desse resultado levará a uma nova queda no ranking mundial. "Os resultados no setor de petróleo e gás não vão se repetir este ano", afirmou Lima, se referindo ao dinheiro para o pré-sal que evitou queda maior do IED. "Há ainda a possibilidade de o Brasil perder nota no risco soberano." O economista destacou ainda que os países desenvolvidos estão voltando a ganhar participação no fluxo global, ganhando espaço em relação a economias emergentes, como o Brasil.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?