Publicidade

08 de Dezembro de 2013 - 22:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Após a violenta briga entre torcedores de Atlético-PR e Vasco neste domingo, nas arquibancadas da Arena Joinville, em jogo da última rodada do Brasileirão, três torcedores ficaram internados no Hospital São José, em Joinville (SC). Segundo as informações iniciais dos médicos, nenhum deles corre risco de morte.

Estevão Viana, de 24 anos, William Batista, de 19 anos, e Gabriel Ferreira Vitael, de 20 anos, são os três torcedores que ficaram internados neste domingo. Diogo Cordeiro da Costa Ferreira, de 29 anos, também chegou a ser levado para o Hospital São José, mas, como não sofreu nada grave, foi liberado pelos médicos.

O atendimento dos feridos mobilizou até mesmo um helicóptero, que pousou no gramado da Arena Joinville para remover os torcedores que precisavam ir para o hospital. A polícia, quando entrou no estádio e conseguiu conter a briga, também prestou socorro às vítimas da violência, ajudando a tirá-las do local.

A briga entre os torcedores dos dois times começou aos 17 minutos do primeiro tempo e demorou para ser contida, porque não havia polícia dentro do estádio. A PM estava atuando apenas fora da Arena Joinville. Internamente, havia segurança particular, contratada pelo mandante Atlético-PR para o jogo deste domingo.

Por causa da briga, cheia de imagens chocantes, o jogo ficou paralisado por mais de 1 hora. Após a intervenção da PM, que controlou a confusão e assumiu o policiamento dentro do estádio, inclusive com aumento de efetivo, o árbitro pôde recomeçar a partida. No final, o Atlético-PR venceu o Vasco por 5 a 1.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?