Publicidade

07 de Dezembro de 2013 - 10:10

Por Daniel Batista - Agencia Estado

Compartilhar
 

A procura por um meia, uma das prioridades para o centenário, parece próxima do fim no Palmeiras. As negociações com Bruno César estão bem avançadas e a previsão é que na próxima semana o jogador do Al Ahli, da Arábia Saudita, desembarque no Brasil para fazer exames médicos e acertar os últimos detalhes do acordo para ser anunciado antes do Natal.

Bruno César tem contrato até junho de 2017, mas o clube árabe aceitou liberá-lo por empréstimo. Com o sinal verde dos dirigentes, o empresário Marcos Casseb ofereceu o jogador a vários clubes e o Palmeiras foi aquele que mostrou maior interesse.

Certo de que vai fechar com o time paulista, o meia garante que a questão financeira não deve atrapalhar. "Isso é o de menos. No momento, preciso retomar minha carreira e quero voltar para o futebol brasileiro. Mas estamos conversando ainda e espero ter novidades em breve", disse o jogador, que defendeu o Palmeiras em 2007 e foi dispensado por Caio Júnior.

"Joguei no time B e, além de ser muito jovem (19 anos), a concorrência era grande. Saí sem problemas com ninguém", garantiu Bruno César, que já defendeu o Corinthians e projeta uma parceria com Valdivia.

A CBF anunciou nesta sexta-feira a liberação para cinco estrangeiros por clube. Com isso, o Palmeiras deve ter caminho livre para contratar o lateral colombiano Medina, do Atlético Nacional.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?