Publicidade

06 de Dezembro de 2013 - 09:10

Por AE - Agencia Estado

Compartilhar
 

Mesmo sem poder contar com Derrick Rose, astro lesionado que está afastado das quadras e passou por uma cirurgia no joelho direito, o Chicago Bulls mostrou força na rodada desta quinta-feira da NBA ao vencer o Miami Heat, atual bicampeão da liga norte-americana de basquete, por 107 a 87, em casa.

Sem Rose, a franquia de Illinois foi empurrada por um boa atuação coletiva da equipe, que teve o pivô francês Joakim Noah brilhando com um "double-double" de 17 pontos e 15 rebotes. Já Carlos Boozer se destacou como cestinha do confronto ao marcar 27 pontos, enquanto Luol Deng e Taj Gibson, respectivamente com 20 e 19 pontos, também estiveram bem.

Pelo lado do Heat, vice-líder da Conferência Leste que agora está com cinco derrotas em 19 jogos, o cestinha foi LeBron James, com 21 pontos. Porém, apenas o ala reserva Michael Beasley, com 15 pontos, conseguiu se aproximar do astro da equipe da Flórida na parte ofensiva.

Desta forma, o Bulls foi dominante e se garantiu na sétima posição da Conferência Leste, agora com oito vitórias e nove derrotas. O triunfo também impediu que o Heat se aproximasse do líder Indiana Pacers, que tem 17 vitórias em 19 jogos até aqui.

KNICKS - Se o Heat caiu, o New York Knicks encerrou seu jejum na NBA na rodada desta quinta-feira ao arrasar o Brooklyn Nets por 113 a 83, mesmo atuando na casa do rival. Liderado por Carmelo Anthony, autor de um "double-double" de 19 pontos e 10 rebotes, o time voltou a vencer depois de amargar nove derrotas consecutivas.

Apesar do bom resultado, o Knicks segue na penúltima posição da Conferência Leste, agora com quatro vitórias e 13 derrotas. O Nets, por sua vez, continua muito mal e vem logo à frente do seu rival de Nova York na classificação, com cinco triunfos em 19 partidas disputadas.

Pelo lado do Nets, o pivô Brook Lopez se destacou como cestinha do jogo, com 24 pontos, além de ter apanhado nove rebotes, mas sua atuação destoou em relação ao resto do time, que viu Kevin Garnett decepcionar com apenas seis pontos e ainda agredir Andrea Bargnani durante conflito ocorrido no último quarto do duelo.

No outro jogo disputado na rodada desta quinta-feira na NBA, o Los Angeles Clippers derrotou o Memphis Grizzlies por 101 a 81, também fora de casa, e passou a contabilizar 13 vitórias e sete derrotas na quarta posição da Conferência Oeste, na qual a franquia do Tennessee ocupa o 11º lugar, com nove triunfos em 18 confrontos.

DeAndre Jordan, com um "double-double" de 10 pontos e 14 rebotes, foi um dos principais nomes do Clippers, que ainda contou com Chris Paul, Darren Collison e Jamal Crawford contabilizando 15 pontos cada um, enquanto Blake Griffin veio logo atrás, com 14. Pelo Grizzlies, os destaques foram Zach Randolph, com 12 pontos e 12 rebotes, e Kosta Koufos, com 17 pontos e nove rebotes.

Charlotte Bobcats x Philadelphia 76ers

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?